terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Volume de Prisma

Olá,
como vão vocês?
Eu estou no auge das minhas férias (do nada pra fazer), é tão bom... fazia tanto tempo que eu não sabia o que era isso. Tem hora que estou dobrando, outras assistindo TV, mais tarde pego um livro (O totem do lobo) pra ler (literatura tá? nada de psicologia) e algumas horas aqui no blog não sei se vcs perceberam mas houve várias mudanças na formatação, estou tentando deixá-lo mais bonito. ahhh e agora postando e arrumando o blog do Origami Manaus, façam uma visitinha no nosso blog.
Pois é não sei se vocês perceberam mas tenho falado sobre várias coisas menos de matemática né? Pois é, por isso resolvi trazer pra vocês uma idéia que eu tenho há algum tempo sobre a utilização de caixas de origami no ensino de "Volumes de prisma". Quem não conhece origami afundo pode se perguntar "ué, mas dá pra fazer caixa de origami?". E a resposta é sim, caixas com uma folha de papel ou modular com vários papéis. E além disso há varios formatos da base, quadrangular, triangular, hexagonal, pentagonal, octogonal

Essa foto são de caixas que eu fiz todas de base quadrada e tampa também quadrada com algumas variações. Se alguém quiser eu tenho livros da nossa querida Tomoko Fuse em pdf e posso mandar (sou apaixonado pelo trabalho dela) e tem um vídeo de uma caixa octogonal pra quem quiser.

Mas sim, voltando à sugestão.

Talvez fosse interessante que se trouxesse em uma época como dia das mães, dos pais ou outras datas onde geralmente damos presentes. Sugerir aos alunos que façam ou comprem um presente e a partir do tamanho do presente trazer as problemáticas de que tipo de caixa podemos fazer para colocar tal presente, qual o tamanho do papel, o formato, o volume mínimo necessário. Para isso eu tiraria um dia para ensinar os alunos a "ler" diagramas e depois mais uma ou duas aulas em que poderia executar as caixas já com todos os cálculos feitos, com a ajuda do professor.

Aí está uma sugestão para se trabalhar no Ensino Médio, mais especificamente com o segundo ano. Infelizmente eu conheço várias pessoas que dizem que metodologias, jogos, recursos e origamis são para se utilizar com alunos de edução infantil ou ensino fundamental, mas quando eu dou minhas sugestões estou pensando que pensa na aprendizagem do aluno, não na "decoreba" que é ensinada nas escolas ou nos cursinhos. Eu quero que os meus alunos aprendam a pensar e consigam adquirir raciocínio lógico.

Eu tenho inclusive alguns alunos que querem uma receita de bolo pronta, parecem não querer pensar e me chegam com a pergunta do tipo "Como faz?", e eu respondo "Não faz, compra feito".

Eu não queiro que o meu aluno saiba como fazer o exercício, mas que ele relacione a teoria com a prática.
Vamos parar de falar sobre isso porque se não passo um mês inteiro aqui escrevendo sobre isso... hehehehehehe. Espero que tenham gostado.

Abraços

2 comentários:

Paula Juliana disse...

OI!Gostaria muito de receber o livro em PDF.Quero trabalhar com meus alunos confeccionando as formas geometricas usando origamis.
Se poder me ajudar agradeço.
Abraços

Anônimo disse...

achei isso uma merda não explicou nada e caixas não são prismas caralho muito obrigado pela merda de explicação e pela perda de tempo beijos no cu filhodaputa