terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Urashima Taro 2 e tamatebako

Continuando a história do Urashima Taro...
"Três anos se passaram...
Um dia Urashima Taro percebeu uma sala que ele nunca tinha percebido, nem entrado dela e perguntou o que havia nela e a princesa repondeu:
- Daquela sala você pode ver o mundo na terra, venha comigo e lhe mostrarei.
Ele entrou, viu sua aldeia e começou a sentir saudades de sua mãe, disse então à princesa:
- Preciso voltar para casa...
A princesa ficou triste mas aceitou. mas antes que ele fosse embora ela lhe entregou uma caixa (a tamatebako) dizendo que não deveria abrir jamais a caixa que ele teria uma vida feliz e afortunada.
Então ele pegou a tamatebako, despediu-se de todos e montou na tartaruga que o levou de volta.
Ao chegar à aldeia percebeu que estava tudo diferente, nada estava como antes, então chegou próximo a um velho senhor e perguntou se ele conhecia a casa de um pescador chamado Urashima Taro no que ele respondeu:
- Urashima Taro? Meu avô quando era jovem ouviu falar de um pescador chamado Urashima Taro, mas ele resolveu ir até o palácio do mar e nunca mais voltou. sua mãe esperou muitos anos pelo filho até que morreu, mas isso aconteceu há 300 anos tornando-se uma lenda dessa cidade.
Sentindo-se triste, resolveu abrir a tamatebako e de repende uma fumaça branca saiu da caixa e ele se tornou um velhinho de cabelos brancos.
O tempo passado estava trancado na caixa de forma que, quando a caixa foi aberta, ele foi liberado, fazendo com que ele tivesse sua idade real"


Essa história é semelhante a algumas histórias ocidentais tais como a caixa de pandora e a história de Rip Van Winkle.
Eu essa história a partir do livro Extreme Origami do Kunihiko Kasahara e da revista Origami especial em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa.

E foi desse mesmo livro que eu encontrei o diagrama da tamatebako.
Esse é um origami modular fantástico, pois é uma caixa em formato cubico que abre por qualquer um dos lados. E pelo fato de ser um cubo pode-se explorar em sala de aula tudo o que está relacionado a este.
Se alguém quiser o diagrama da caixa é só me pedir que eu mando, e se alguém tiver mais histórias como essa(relacionada ou não ao origami), eu agredeceria se me mandasse porque eu adoro esse tipo de história.
Ah... e tem um vídeo de uma propaganda da varig que reconta essa história como se a tartaruga tivesse levado o Urashima Taro para um paraíso e esse paraíso é o Brasil. Essa propaganda é muito legal quem quiser ver é só clicar aqui (ainda não sei postar um vídeo do you tube pra ser visto no blog)

Espero que tenham gostado... um abraço

3 comentários:

Anônimo disse...

gostaria de solicitar o diagrama do cubo que mencionou meu e-mail é andnogueira@uol.com.br
obrigada
Andréa

ligadeltora disse...

estava procurando o diagrama desse cubo meeu e-mail eduardokuster@yahoo.com.br
Luiz eduardo Obrigado

Luiz Roberto disse...

Muito Bom....

Diagrama????

e-mail: luizinhosantee@gmail.com

Luiz Roberto.